Jornal em Movimento
Pesquisa

Visita de estudo à Loja Oficina
Por Engrácia Bastos (Professora), em 2015/01/31502 leram | 0 comentários | 105 gostam
A turma 11ºD, do Curso de Turismo Ambiental e Rural, realizou uma visita de estudo, no dia 20 de janeiro, à Loja Oficina, tendo a oportunidade de assistir a uma oficina de bordados de Guimarães, com três artesãs, e a uma oficina de olaria.
Lucas Freitas
Visita de estudo à Loja Oficina, em Guimarães
No passado dia 20 de janeiro, a turma D, do 11º ano, do Curso Profissional de Turismo Ambiental e Rural, realizou uma visita de estudo à Loja Oficina, situada em pleno centro histórico de Guimarães, organizada pela diretora de turma e de curso, docente Engrácia Bastos, no âmbito da disciplina de Técnicas de Acolhimento e Animação, integrada no módulo 8 (Técnicas de Animação), e nos conteúdos associados à expressão plástica.
Como pretendido, saímos da escola pelas três horas e dez minutos da tarde em direção ao local previsto. Após um pequeno trajeto feito a pé, chegamos rapidamente à Loja Oficina onde demos entrada para ficar a conhecer um pouco mais sobre a nobre tradição do bordado de Guimarães e da olaria, símbolos do nosso artesanato e cultura. Tivemos uma pequena introdução feita pela anfitriã e orientadora, Dra. Catarina Pereira, que nos apresentou as artesãs que lá trabalham e referiu alguns pormenores feitos naqueles bordados, nomeadamente os pontos e as cores passíveis de serem usadas em cada peça. Também nos deu a conhecer algumas histórias e tradições que nós próprios desconhecíamos o que, de certa forma, foi enriquecedor para os nossos conhecimentos. Tivemos a oportunidade de ver algumas peças e lenços expostos na loja para apreciarmos os trabalhos lá feitos diariamente por quem lá trabalha. Pudemos esclarecer algumas dúvidas e interagir com as pessoas o que foi muito bom. Entretanto, ficamos a conhecer um outro setor da Loja que era o local onde eram produzidas as cantarinhas de Guimarães, em barro, o que adorei ver, devido à dinâmica envolvida naquele tipo de trabalho. Vimos como eram feitas e também pudemos observar algumas peças já finalizadas.
Por último, acabamos por dialogar e conhecer o resto da loja e das suas partes constituintes.
Com um agradecimento deu-se a nossa despedida do local e, de seguida, fomos embora.
Como é óbvio, nada disto seria possível sem o esforço e dedicação da docente Engrácia Bastos, que torna tudo isto concretizável e que nos proporciona novos conhecimentos e abre horizontes. Fica desde já um sincero obrigado por mais uma bela visita de estudo.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário