Jornal em Movimento
Pesquisa

Turmas de Socioeconómicas e CT visitaram UNICER
Por Engrácia Bastos (Professora), em 2017/03/06249 leram | 0 comentários | 62 gostam
No dia 24 de fevereiro, as turmas dos 10º e 11º anos de Ciências Socioeconómicas e de Ciências e Tecnologias (11º ano) realizaram visita de estudo à Unicer, em Leça do Balio.
Texto: Cristiana Mendes e Cristiana Pinheiro (11ºA)
Fotos: Márcia Macedo (11ºA)

No dia 24 de fevereiro pelas 10 horas e 30 minutos da manhã, no âmbito das disciplinas de Economia A, Biologia e Geologia e Matemática A, os alunos das turmas de Ciências Socioeconómicas dos 10º e 11º anos da Escola Básica e Secundária Santos Simões, acompanhados pelos alunos de Ciências e Tecnologias do 11º ano, participaram numa visita de estudo à empresa Unicer – a maior empresa portuguesa de bebidas - dirigida pela orientadora Melanie.
A visita decorreu na “Casa da Cerveja”, o novo centro de visitas da Unicer, onde foram transmitidas todas as informações necessárias e de maior relevância ao melhor conhecimento do universo da produção da cerveja, a história e curiosidades daquela cervejeira (existente desde 1890) e a evolução da principal marca de cerveja em Portugal, a Super Bock, que nasceu em 1927. Além disso, este recente centro permite ao visitante passar pela sala de fabrico de cerveja (onde é feita uma prova do mosto) e pelas linhas de enchimento (funcionando plenamente).
As marcas de maior destaque da Unicer são, no setor das cervejas, a Super Bock, a Cristal e a Carlsberg. No que diz respeito às águas, são de realçar as águas das Pedras, Vitalis, e a água de nascente do Caramulo. A Frisumo, a Snappy e a Guaraná do Brasil são as marcas de refrigerantes de distinção. Para além destes setores, à Unicer também pertencem algumas marcas de vinho, como é o caso do Vinho das Garças, e uma única marca de sidras, a Somersby.
A nossa guia começou por informar que UNICER é a junção de união com cerveja, daí resultar o nome desta conceituada empresa. Também nos disse que 56% desta empresa pertence a acionistas portugueses e 44% pertence à Carlsberg. A UNICER conta, atualmente, com 700 trabalhadores, tem serviço médico 24 horas por dia e refeições a dez cêntimos, uma vez que, em 1964, aquando da mudança para este edifício, o engenheiro João Tallon apercebeu-se que os trabalhadores vinham para o emprego sem comerem e que não tinham condições para terem acesso a serviços médicos, decidindo implementar atendimento médico 24 horas por dia e refeições a um preço simbólico.
Em 2013, houve uma modernização da fábrica de Leça do Balio e a internacionalização e o relançamento da marca super bock e esta semana foi lançada à comunicação social a cerveja comemorativa dos 90 anos da super bock. A guia falou também que as cervejas de fermentação alta são as cervejas mais alcoólicas e que as cervejas de fermentação baixa contêm, para além de 95% de água pura, cereais, lúpulo que dá sabor e leveduras que se alimentam dos açúcares dos cereais. Esta empresa tem uma adega de fermentação que se encontra entre os 9 e os 25 graus celsius e as suas principais matérias-primas são o malte, o gritz de milho, água, lúpulo e o malte de trigo. A UNICER apresenta uma secção chamada mini malteria que contém o tanque de molho, o tanque de germinação e estufagem, e os silos de receção de malte que albergam entre 1000 a 1300 quilos deste cereal e contêm também a sala de fabrico onde é realizada a produção de malte que depois de fermentado dá origem à cerveja. Esta empresa tem armazéns de grande porte onde são produzidas 80 000 garrafas por hora e armazéns de menor porte onde são produzidas 45 000 garrafas por hora. Os seus maiores clientes são a China e são uma empresa de cariz exportadora.
Durante a visita às instalações, deparamo-nos com uma decoração do edifício muito moderna, sendo que algumas das paredes estavam revestidas por garrafas de cerveja partidas e fundidas, tendo uma textura incrível. Com muitos funcionários, é estranho que perto das máquinas não se encontravam trabalhadores, tendo-nos sido explicado que estariam em escritórios perto das máquinas.
A aposta permanente da Unicer nas áreas de inovação e criatividade contribuem para o desenvolvimento da competitividade da empresa. Contudo, a base de tecnologia utilizada nos processos de produção da cerveja no quotidiano é praticamente a mesma que a usada no ano da formação da empresa. O que traduz que já naquele tempo a Unicer estava bastante desenvolvida tecnologicamente. Para além disso, a Unicer valoriza as ideias dos seus parceiros, clientes e consumidores. Deste modo, a sua capacidade no negócio de bebidas contribui de forma ativa para o sucesso no mercado interno e externo.
Referido o vocábulo “mercado”, é essencial frisar que a Unicer vende igualitariamente para retalhistas (cafés e restaurantes) e para grossistas (supermercados e hipermercados).
O conceito de desenvolvimento sustentável está conscientemente assimilado pela Unicer, pois esta é conhecedora dos impactos que a atividade da empresa é passível de provocar no ambiente e na comunidade. Logo, aquela noção é essencial para que a empresa seja competitiva no mercado do futuro e para que possa, ao mesmo tempo, assegurar as necessidades das gerações atuais sem limitar as necessidades das gerações futuras.
Por sua vez, a empresa incentiva os seus consumidores a beber com moderação (consumo responsável), uma vez que esta é uma forma de socialização de excelência, presente nos hábitos quotidianos dos portugueses.
A responsabilidade social é uma preocupação diária para a Unicer. Promover uma forte ligação com as comunidades locais, apoiando grandes causas, instituições e projetos sociais de referência, tanto educativos como culturais, são algumas medidas de dinamização dessa preocupação.
Em suma, esta visita de estudo foi muito positiva e interessante para os alunos de Economia, uma vez que tiveram a possibilidade de contactar com o setor produtivo e de embalagem de uma grande e moderna empresa industrial do setor das bebidas. Logo, foi uma visita enriquecedora, oportuna e muito bem dirigida pela instrutora da UNICER.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário